Se você não sabe para onde quer ir, qualquer vento serve

Muitas organizações não tem um objetivo definido, às vezes, até tem, mas não é conhecido pelos integrantes da mesma. Isto leva os colaboradores da organização a terem uma visão fragmentada do todo e consequentemente a muito desperdício de recursos humanos, financeiros, de tempo e de oportunidades pois cada um passa a priorizar os recursos de acordo com o que imagina está se querendo atingir. Frequentemente, aqueles que definem um objetivo não definem suas métricas para saber se a organização está na direção certa ou não. Um erro, não raro, é ficar mudando de objetivo, de rumo antes de se ter alcançado o anterior (naturalmente que em casos de disrupções do mercado, seja pelo surgimento de inovações, seja pela eclosão de uma crise, como aconteceu em 2008, se faz necessário uma guinada). Por tudo isso o primeiro passo de um planejamento estratégico é se formular o objetivo alinhado com as tendências de mercado, ou melhor, da sociedade usando a inteligência coletiva da organização.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *